4ª Edição do Fórum de Negócios Portugal – África | Senegal 2018

Missão cumprida com distinção, foi este o sentimento global das entidades organizadoras da 4ª Edição do Fórum de Negócios Portugal – África | Senegal 2018 que mais uma vez teve lugar no grande auditório da AEP em Leça da Palmeira. A CCIPS/AO – Camara de Comércio e Indústria Portugal – Senegal e África Ocidental e a AEP – Associação Empresarial de Portugal realizaram na passada terça – feira dia 23 a Conferência subordinada aos temas:

Desenvolvimento Económico _ Infraestruturas e Indústria & Gestão Territorial Integrada e Descentralizada – Polo Agroindustrial de Casamance.

 

A edição de 2018, daquele que é o principal encontro económico dos dois países em território nacional, registou a maior delegação internacional até ao momento, bem como, uma presença crescente de empresários e entidades portuguesas que se associaram à iniciativa.

 

Uma vez instalada a audiência no auditório principal a sessão dos trabalhos foi, como tem sido habitual, assegurada por Paulo Nunes de Almeida, Presidente da AEP, à qual se seguiram algumas das  intervenções oficiais, onde se destacou, do lado do Senegal a CNDT (Órgão Consultivo da Presidência da República do Senegal ), a SAPCO ( Empresa Publica de Turismo do Senegal) e a AMS ( Associação de Municípios do Senegal ), bem como, do lado de Portugal a IP Engenharia, a AQF Financial e o Grupo José Campos de Oliveira que desde 1923 está ao serviço da industria. A conferência integrou ainda a participação de entidades de outras latitudes, como o exemplo do Grupo Impactagri cujo CEO internacional se deslocou de Londres para assegurar uma intervenção de excelência, bem como, da apresentação de testemunhos de empresas nacionais a operar já no Senegal, como é o caso da Paviana Construções.

 

Tal como partilhado pela Direção da CCIPS/AO aos microfones da Lusa, esta edição, que contou com o alto patrocínio da Paviana Construções e Paviana África, grupo empresarial de prestigio e dimensão internacional no segmento da Construção, Projeto e Recuperação Imobiliária,  teve como principal objetivo dar a conhecer em Portugal o acordo histórico celebrado a 10 de setembro passado no Senegal, em Ziguinchor, entre a CCIPS/A0 e a CNDT referente à constituição do Cluster Agroindustrial de Casamance, um projeto único que coloca Portugal numa posição estratégica nas relações económicas entre os dois países.

A segunda parte do Fórum contou ainda com a celebração de alguns Protocolos de Cooperação Internacional, dos quais se destacou, desde logo, o Protocolo entre a CCIPS/AO e a AEP, a Convenção de Colaboração entre a CCIPS/AO e a Câmara Municipal de Alenquer, subscrita pela mão de Pedro Folgado, Presidente da C.M. Alenquer e ainda o Protocolo celebrado entre a CCIPS/AO e a AMS – Associação de Municípios do Senegal no âmbito da Formação de Executivos e Intercâmbio intermunicipal.

 

Tal como sucede desde a primeira edição, o Fórum de Negócios Portugal – África | Senegal 2018 permitiu que as entidades presentes e os empresários de ambos os países, pudessem realizar encontros bilaterais trocando informações várias sobre as suas atividades e oportunidades de negócio.  Os encontros B2B motivaram igualmente um interesse redobrado no âmbito da abertura das inscrições na SENCON 2019 – Salão Internacional das Infraestruturas, Construção e Obras Publicas do Senegal, que se realiza em Dacar, de 23 a 26 de abril de 2019, um evento coorganizado entre a CCIPS/AO e a AEP e que nesta sua 4ª Edição prevê a maior participação portuguesa de sempre.

Com mais de 30 empresários internacionais oriundos do Senegal, Inglaterra e Guiné Bissau, e uma audiência repleta de empresas de norte a sul do pais, a 4ª Edição do Fórum de Negócios Portugal – África |Senegal, volta a reforçar as relações corporativas e económicas bilaterais.

Citando o presidente da Comissão Jurídica da direção da CCIPS/AO – Delegação Senegal, M. Chrystian Faye “as pontes que a Câmara de Comércio e Indústria Portugal – Senegal e sua Delegação Permanente em Dacar constroem hoje, serão as bases futuras das relações comerciais e empresariais entre os dois países”.

 

A conferência terminou com o desafio da CCIPS/AO lançado aos parceiros institucionais do Senegal presentes no auditório,  o qual foi prontamente aceite, para que em conjunto se programe uma missão empresarial a Casamance, no âmbito do projeto da criação do Cluster Agroindustrial que Portugal, ao abrigo da Convenção com a CNDT, irá liderar já a partir de 2019.